BLOG

Gestão de estoque em oficina mecânica

Gerenciar o estoque da oficina mecânica é tão significativo quanto gerenciar a empresa em um todo. Através desse ativo é que você pode aumentar a rentabilidade da oficina mecânica. Já pensou nisso?

Assim como em outros comércios controlar e organizar o estoque é essencial. Em oficinas mecânicas, é através do estoque que conseguirá executar os serviços com a agilidade necessária para atender bem o seu cliente e fidelizá-lo.

Continue a leitura para descobrir tudo o que você precisa saber para gerenciar seu estoque!

Como se ter uma boa gestão de estoque em oficina mecânica

É muito importante saber administrar o estoque de uma oficina mecânica para atender bem o cliente. Sem deixar faltar nada e saber a quantidade necessária de peças para não ter prejuízo. A gestão de estoque da oficina mecânica reflete diretamente na gestão administrativa e na gestão financeira.

Para o controle acontecer de maneira adequada, é fundamental determinar uma pessoa responsável para isso, controlando a entrada e saída das peças, realizando a compra das mesmas e mantendo a organização.

Outro fator de extrema relevância é comprar certo! Comprar peças que realmente atendam o fluxo da oficina. De nada adianta comprar peças que já estejam paradas no seu estoque, pois isso gera prejuízo, perda de tempo e dinheiro.

Compras mal feitas, peças mal armazenadas, devoluções não realizadas e margem não analisada não fazem parte de uma boa gestão.

Outro ponto interessante é que o estoque não necessariamente é só de peças novas, mas também de sucatas e materiais de consumo. Ou seja, quando mal gerenciado, isso também é dinheiro parado!

A principal forma de saber o que é indispensável para ter no estoque consiste em:

#1 – Avaliar a margem que sua empresa precisa

#2 – Observar a demanda da oficina

#3 – Estudar peças de mais giro e menos giro

Procure buscar quais os itens de maior giro. Peças com demanda maior, consequentemente precisam de um número maior no estoque. Por exemplo, itens essenciais para atender as necessidades e emergências na manutenção e reparo do veículo:

  • filtros
  • óleo de motor
  • lâmpadas
  • palhetas
  • vela
  • cabos de vela
  • bateria

Esses são itens que não podem faltar no estoque, pois prestar serviços como estes com rapidez e eficiência só traz benefícios para seu negócio.

Outro ponto importante é programar a reposição de cada item para evitar transtornos e atrasos. O simples fato da demora em efetuar o serviço ou a falta de alguma peça, pode resultar na perda de um cliente.

Para se manter um ótimo sistema de gestão é preciso que o profissional esteja treinado evitando erros e desperdícios, capacitado para garantir que as peças sejam aplicadas corretamente e também preparado para resolver eventuais problemas.

O segredo é a escolha de bons fornecedores 

Os fornecedores são fundamentais para a reposição de peças no seu estoque. Procure empresas que garantam uma boa relação e interessadas em manter uma parceria de longo prazo. Esses são pontos que facilitam na hora de efetuar as compras, conseguindo uma melhor margem, produtos com qualidade e entregas com pontualidade.  Assim você garante que sua oficina esteja sob controle.

Em resumo, para garantir que você está no caminho certo é necessário, montar, manter, organizar e controlar o estoque da oficina mecânica para prestar um serviço de qualidade, com eficiência e rapidez.

Gostou do artigo e as informações sobre gestão de estoque de oficina mecânica? Então curta nossas páginas nas redes sociais e fique por dentro das novidades Autêntica!

Compartilhar:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Veja Também